UM BOLINHO É SÓ O COMEÇO

Ela está longe dos padrões, mas caminha pela selva de pedra com muros fortificados, ignorando os olhares que recebia. Tinha todo o direito de estar ali, de olhar cada pessoa nos olhos e de ser feliz. Estava conformada, sabia que era uma peça especial e que estaria sempre solitária. O destino, no entanto, tinha outros planos e fez com que fosse de encontro a um homem mais que disposto a servi-la eternamente. Agarrou-se a um bolinho de consolo, uma pequena recompensa em sua dura vida. Mas o bolinho era só o começo.

O livro é impecável quanto à evolução da história, não deixa uma falha no caminho, e não dá vontade de parar de ler até a última folha.


Linda GG

 

É um livro diferente do que estamos acostumadas a ler, mas gostei da proposta e a leitura vale a pena.


Beleza sem Tamanho



Escrever sobre o erótico é comum. É delicioso, claro, mas milhares de pessoas fazem. Você faz o estranho ser delicioso e isso é diferente, é divertido,  curioso.

 

Tainah A. Cintra - Revisora e Leitora Crítica

To play, press and hold the enter key. To stop, release the enter key.

press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
Próximos Lançamentos

"Estamos esperando algo acontecer. Maluco, absurdo, ridiculamente maior do que nós. A qualquer momento. Agora talvez."

METAMORFOS I

Uma alucinação, sim, só podia ser isso. A longa corrida pela floresta, o sol sobre sua cabeça e os inúmeros tropeços não fizeram bem a ela, porque alucinava. E essa era a única explicação para o surgimento dos três homens a sua frente. O fato de estarem nus não era o que a preocupava ou o que a fazia ter certeza de que se tratava de uma alucinação, não. O real motivo era que há poucos minutos o homem a sua direita era um lobo negro, o homem a sua esquerda um tigre e o a sua frente uma bela águia. Você sabe que algo vai mal quando começa a ver animais se transformando em belos homens nus.